Notícias

04/08/2017

Município de Jequiá da Praia entre os melhores projetos de saúde bucal selecionados pela Colgate

Escolha do município se deu no ano passado e, desde então, equipe vem intensificando o tratamento das crianças de 5 a 10 anos

image

A Secretaria de Saúde de Jequiá da Praia – que foi selecionada no ano passado pelo Programa Colgate Sorriso Saudável Futuro Brilhante com o projeto Um Mundo de Sorrisos – mantém o atendimento de saúde bucal às crianças de 5 a 10 anos do município e está na fase da busca ativa para alcançar entre 750 a mil crianças nesta etapa da vida. A primeira ação envolveu 200 e, na ocasião, a Colgate disponibilizou 200 kits de escova, creme dental, sabonete e folhetos educativos.

“A Colgate selecionou no ano passado os melhores projetos sobre saúde bucal e Jequiá da Praia foi contemplado. Realizamos uma atividade em janeiro para a entrega dos kits, além de atividades esportivas e educativas, teatro e lanche”, lembra a coordenadora de Saúde Bucal, Patrícia Torres. Ela destaca que o programa alcança milhões de crianças e suas famílias em 80 países com informações educativas e exames odontológicos.

Por meio de parcerias com governos e profissionais de Odontologia, o programa promove a educação em saúde bucal e o desenvolvimento de hábitos saudáveis de higiene dental. “A ação da Colgate serviu como abertura e incentivo para darmos continuidade ao projeto no município. A partir de então, fizemos um levantamento epidemiológico nas crianças de 5 a 10 anos e iniciamos o projeto com custeio da Prefeitura. Estamos resgatando essas crianças mais necessitadas e oferecendo tratamento e kits de higiene bucal”, reforçou.

A coordenadora de Saúde Bucal salienta que quando chegou ao município não tinha estimativa nenhuma (levantamento epidemiológico) da situação. “Então fiz esse levantamento com crianças de 5 a 10 anos (época do nascimento dos primeiros dentes permanentes) e a partir disso fiz um consolidado com classificação de risco. Agora estamos na fase de tratamento dessas crianças e pretendo, ano que vem, repetir o levantamento para ver se diminuímos o índice de cárie”, concluiu. (Fonte: AMA)

mais notícias